Categoria CCDIBC

porCCDIBC

A CCDIBC VISITA A EMPRESA CHINESA GAOJIE LOGÍSTICA INTERNACIONAL

No dia 10 de setembro de 2017, os membros da CCDIBC visitaram a empresa chinesa Gao Jie Logística, o CEO da empresa acompanhou a visita da CCDIBC junto com os outros cinco líderes da empresa.

Na sala de reuniões da Gao Jie Logística, o gerente comercial da empresa fez uma breve introdução sobre a história de desenvolvimento da empresa e o modelo de negócios, a alta agilidade logística e outros detalhes.

O Brasil é o produtor lider de cana-de-açúcar, café, laranja, milho, frango, carne bovina, tabaco, soja e outros produtos agrícolas. Possui grandes produtores e exportadores. A CCDIBC precisa buscar uma empresa logística local que oferece estabilidade e eficiência na importação de produtos agrícolas do Brasil, expressando seu desejo em buscar fortalecer ainda mais o comércio de importação e exportação entre os dois países.

Durante a reunião, os dois lados discutiram sobre os aspectos como desembaraço aduaneiro, armazenagem, transporte e outros, também trocaram ideias sobre o e-commerce e comercio virtual transfronteiras, o modo de operação de importação e exportação entre a China e o Brasil. O Presidente da empresa, Sr. Gao Meng apresentou a delegação, que a empresa possui agilidade logística no país para o desembaraço aduaneiro, foi primeira empresa chinesa que forneceu o serviço desembaraço aduaneiro entre Hong Kong e China.  A empresa possui bastante experiência na indústria de serviços, profissionais e pessoais para desembaraço aduaneiro de bens, prestação transfronteiriça de serviços e fornecedores de armazém, e também possui anos de cooperação com as companhias aéreas a empresa de , seja no transporte, armazenagem e desembaraço de importação no Brasil, que permite ao cliente produtos com entrega rápida, eficiente e rapidez.

Durante 2 horas de reunião, a CCDIBC expressou seu desejo em aprofundar a cooperação logística de importação e exportação entre a China e o Brasil.

Participaram das atividades de visita, a Sra. Teresa Jesus, o presidente da CCDIBC Sr. Fabio Hu, a secretaria da CCDIBC Wang Ying, o diretor de comunicação da CCDIBC Sr. Daniel Castro, entre outros.

porCCDIBC

Troca e cooperação com a CCCC TDC TRAFFIC CONSTRUCTION CO., LTD

No dia 6 de setembro de 2017, a delegação brasileira liderada pela CCDIBC fez uma visita a CCCC TEC (FUJIAN) Communications Construction LTD, durante a visita, ambos os lados expressaram a vontade de reforçar o intercâmbio e a cooperação. Participaram da reunião, o presidente da CCDIBC, Sr. Fabio Hu, o presidente da CCCC TEC (FUJIAN), o Sr. Zhong Wenwei e o  diretor do Centro de serviços de Xiame, Sr.Xie Fulin.

O presidente da CCCC TEC (FUJIAN), Sr. Zhong Wenwei, agradeceu primeiro a visita da delegação liderada pelo presidente da CCDIBC, Sr. Fabio Hu. Durante seu discurso e breve introdução sobre a história da CCCC TEC (FUJIAN), o Sr. Zhong Wenwei disse que a entidade foi fundada em 1897, sendo uma empresa chinesa com 120 anos de história. Hoje a empresa possui 85 navios de cortador de draga de sucção, draga de sucção e estacas flutuantes, rebocadores, e outros tipos de embarcações de dragagem com tecnologia mais avançada no mundo. É uma empresa ligada ao governo central e uma das mais poderosas empresas na China, na ásia e Europa. Possui vários projetos de investimento com instalação de sede e escritório regional. É também um dos maiores investidores em empresas nacionais no exterior.

O Sr. Zhong Wenwei ressaltou que nos últimos anos, em resposta a estratégia chinesa de transformação e modernização do estado os serviços de engenharia ambiental, a dessalinização da água do mar e a instalação da estação de tratamento de esgoto, vem sendo implementados. Durante os últimos anos no sudeste asiático, oriente médio e na rússia, através de investimentos em portos, estradas e infraestrutura municipal, promoveram e estimularam o desenvolvimento da economia local. O Sr. Zhong Wenwei expressou a vontade de possibilitar a realização de negócios no Brasil, através da plataforma comercial estabelecida pela CCDIBC.

O Presidente da CCDIBC, Sr. Fabio Hu , durante a breve introdução sobre a câmara, ressaltou que a Câmara teve grande suporte e incentivo dos ex-presidentes do Brasil Lula e Dilma.  Sendo que o ex-presidente Luiz inácio Lula da Silva como presidente honorário da CCDIBC,  ajudou a Câmara a estabelecer boas relações com os governos em todos os níveis, a fim de promover os estreitamento de boas relações econômicas e comerciais entre os dois países. Antes da partida da delegação, a CCDIBC recebeu 46 representantes e delegações do Rio de Janeiro, do estado de São Paulo, Maranhão, Foz do Iguaçu, Paraná, e vários municípios em favor de atrair investidores chineses para o Brasil.

Participaram da reunião, o diretor do centro de serviço de Xiamen, Sr. Xie Fulin; assistente de gerente, gerente-geral de investimento no mercado estrangeiro, Sr. Xie Fulin; Sr. Li Hanjiang; Sr. Xu Bai; Sr. Liu Qiang; Sr. He Shijiang; Sr.Liu Wei; o presidente da CCDIBC – Sr. Fabio Hu, a secretária da CCDIBC – Wang Ying; o diretor de  comunicação da CCDIBC – Sr. Daniel Castro; a Sra. Teresa Jesus; o Sr. Barbosa; e o representante dos 17 prefeitos do Brasil, Sr. Claudio Henrique.

porCCDIBC

CAMPOS ESTABILE TOMA POSSE COMO NOVO VICE-PRESIDENTE DA CCDIBC

Empresário, Bruno Lachis Campos Estabile lidera nova gestão da câmara chinesa com foco no Espírito Santo

Em cerimônia ocorrida hoje (02), em São Paulo, a CCDIBC deu posse ao seu mais novo vice-presidente, o jovem empresário Dr. Bruno Lachis Campos Estabile. O evento teve a presença da diretoria da Câmara, representada pelo seu vice-presidente, Roberto Liao, o secretário geral, Fepile Zhou e Daniel Castro, diretor de comunicação.

O objetivo é focar no estado do Espírito Santo, que para a CCDIBC conta com muitas oportunidades e que está em acordo com o planejamento da gestão Xi Jiping, presidente da China, em promover e regionalizar os negócios entre os dois países.

Para o presidente da CCDIBC, esta parceria é fundamental para dinamizar os negócios. “Esta nova vice-presidência terá um papel importante no desenvolvimento desta Câmara no Estado do Espírito Santo. E os resultados serão vistos brevemente, pois a China tem muito recursos e deseja bons projetos”, afirma Hu, que destaca ainda que o DR. CAMPOS ESTABILE é sócio especial da CCDIBC e tem todas as condições de promover projetos e oportunidades.

China-Cariacica

“Meu trabalho será buscar uma integração política e empresarial a fim de fomentar uma aproximação entre políticos e empresas do Estado, com empresários e políticos da China por meio da CCDIBC”, explica Dr. CAMPOS ESTABILE.

Na posse em sua sede, em São Paulo, foi destacado que o eixo central será a cidade de Cariacica, importante agregador e promotor das novas potencialidades do Estado, que recentemente recebeu uma missão da câmara, que atestou os diferenciais da região.

A CCDIBC também comunicou ações para realização de um workshop Brasil-China para o início de março. Além de reforçar o convite para missões de investidores e inovação, que ocorrerão neste primeiro semestre.

Vale destacar que a CCDIBC representa o fundo do grupo Huayang, um dos maiores conglomerados empresariais da China – que mereceu destaque em matéria no Jornal Valor Econômico.

A parceria envolve a CCDIBC representar o fundo no Brasil para apresentar projetos de empresas públicas e privadas. O grupo Huayang, como destaca a matéria, disponibilizou cerca US$ 3 bilhões para o Brasil.

 

Publicação Recomendada:

Parceria da CCDIBC com Fundo Chinês é destaque no Valor Econômico
http://brasilchina.org.br/2017/11/06/parceria-da-ccdibc-com-fundo-chines-e-destaque-no-valor-economico/

porCCDIBC

Ano Novo chinês na Avenida Paulista

No dia 28 de Janeiro de 2018 um grupo da comunidade chinesa fez um flash mob em homenagem às comemorações do próximo Ano Novo chinês, ano do cachorro. O presidente da CCDIBC, Fabio Hu esteve presente. Dr. José Luiz Penna, o Secretário Estadual de Cultura; Consulado Republica Popular da China, Cônsul Geral Sra. Chen Peijie, Sr. Sun Peng, Vice-Cônsul Geral; Sr. Zhang, Relações Internacionais do Consulado, Sr. Chen Tong, vice-cônsul, Sr. Liu da Associação Chinesa e demais supervisores, líderes comunitários, que participaram do evento.

 

Festa na Avenida Paulista
porCCDIBC

CCDIBC é inaugurada no Rio de Janeiro

Esclarecimento: o papel de uma Câmara de comércio

 

A Câmara de Comércio de Desenvolvimento Internacional Brasil-China (CCDIBC), criada em 2002, atua para promoção de negócios e parcerias entre o Brasil e a China. Desde sua fundação, a CCDIBC atua nesta aproximação junto a empresas, governos e entidades, de todas as regiões do Brasil, por meio de eventos, missões, reuniões, apresentação de projetos, indicação de investidores e demais serviços que são comuns às câmaras, como pesquisa de mercado, traduções, serviços de visto, etc..

Todas as ações buscam concretizar oportunidades entre empresas e governos do Brasil com empresas e governos da China. E estes resultados são sempre orientados pelas leis dos dois países, por meio de contratos entre as partes. Dessa forma, a CCDIBC não autoriza o uso de sua imagem e credibilidade para divulgação de ações que não tenham por base projetos concretos e transparentes. E que sejam tornados públicos sem a correta divulgação.

Em setembro de 2017, em Xiamen, a CCDIBC fechou parceria com o fundo do grupo Huayang, um dos maiores conglomerados empresariais da China. E com importantes empresas chinesas com atuação internacional, que buscam parcerias com o Brasil. Estas parcerias envolvem a CCDIBC representar o fundo e demais empresas chinesas no Brasil para apresentar projetos de empresas públicas e privadas brasileiras. Contudo, essa representação não indica que os recursos e negócios serão administrados pela CCDIBC, que tem o papel de orientar as empresas e governos quais os melhores projetos e como apresentá-los aos investidores chineses. E também ser ponte para os empresários e investidores chineses interessados no Brasil. ESTA REPRESENTAÇÃO, PORTANTO, NÃO GARANTE QUE ESTES RECURSOS JÁ ESTEJAM DISPONIBILIZADOS E, MUITOS MENOS, AUTORIZAMOS QUE SE DIVULGUEM VALORES EM EVENTOS PÚBLICOS OU PRIVADOS, OU POR MEIO DA IMPRENSA.  

Portanto, a CCDIBC não chancela divulgações de recursos da China, que não estejam dentro desta prática. ESSE ESCLARECIMENTO É NECESSÁRIO, POIS A CCDIBC NÃO COMPROMETERÁ SUA IMAGEM E ATUAÇÃO COM DIVULGAÇÕES QUE NÃO REPRESENTAM SEU PLANEJAMENTO E AÇÕES.

Todo e qualquer projeto no Brasil, que tenha a liderança da CCDIBC, deve seguir esta orientação de transparência. E sua divulgação primar pela realidade dos negócios e de seus resultados.

REGISTRAMOS QUE TODAS AS NOSSAS AÇÕES SÃO DIVULGADAS EM NOSSO PORTAL. E TODO QUESTIONAMENTO E DÚVIDAS DEVEM SER ENCAMINHADOS À CCDIBC, POR MEIOS DE SEUS CANAIS DIVULGADOS EM NOSSO PORTAL.

 

Nossa missão:

“Promover uma Nova Rota Brasil-China com foco na inovação e na tecnologia para o desenvolvimento mútuo, geração de emprego e renda. E na aproximação das culturas e de seus povos. Buscar intercâmbios com base em projetos e resultados concretos. Nas esferas públicas e privadas. Ser uma nova Estrada, dentro de um novo Cinturão que engloba uma nova estrutura de progresso, crescimento e desenvolvimento”.

Nossa visão:

“O Brasil e a China são parceiros estratégicos e possuem complementariedades nas suas relações comerciais e culturais. Podem e devem aumentar essa aproximação para o bem de seus povos”.

Nossos valores:

“Criar um ambiente de negócios que tenha como premissas a sustentabilidade, a atenção para o meio ambiente, a troca de experiências, a parceria mútua, a geração de resultados práticos, a consolidação de uma nova forma de desenvolvimento, com bons resultados para ambos, dentro de um contexto de inovação e empreendedorismo, com planejamento e metas.”

Com esta Missão, Valores e Visão, a CCDIBC inaugura esta nova fase, pois tem claro que a conjunta favorece um novo patamar para as relações Brasil-China.

Nosso objetivo é envolver estes parceiros e dar a estrutura necessária para que esse patamar seja alcançado.

Precisamos ver a China como um parceiro estratégico. E aproveitar desta parceria o que é bom para o Brasil e pra a China.

Atenciosamente,

Câmara de Comércio de Desenvolvimento Internacional Brasil-China (CCDIBC)

 

porCCDIBC

Flávio Dino recebe Cônsul da China e amplia debate sobre investimentos no Maranhão

O governador Flávio Dino recebeu nesta sexta-feira (26), a Cônsul-Geral da China no Brasil, Li Feiyue. Em reunião, realizada no Palácio dos Leões, o governador e a comitiva de representantes discutiram a atual política de atração de investimentos. O objetivo é ampliar a aproximação entre o Estado e a nação que hoje é uma potência mundial.

De acordo com o secretário de Programas Especiais, Pierre Januário, a visita de uma Consul-Geral ao Maranhão foi a confirmação do sucesso das ações desenvolvidas até agora.

“A reunião confirma as ações que o Governo do Maranhão vem tendo nesse processo de diálogo, de atração de investimentos com esse grande país que é a China”, afirmou.

O secretário também explicou que foi a ocasião para discussão de antigos e novos projetos: “O governador apresentou um panorama das ações de atração de investimento da China. São quatro ou cinco projetos que acordamos com eles, e vamos estreitar esses laços e a nossa agenda para os próximos anos”.

A reunião também foi acompanhada pelo secretário de Indústria, Comércio e Energia, Simplício Araújo.

porCCDIBC

PREFEITURA E CÂMARA INTERNACIONAL DA CHINA ASSINAM ACORDO PARA INVESTIMENTOS EM FOZ

Na manhã desta sexta-feira (12), o prefeito Chico Brasileiro e o presidente da Câmara de Comércio de Desenvolvimento Internacional Brasil-China (CCDIBC), Fabio Hu, assinaram um termo de parceria que prevê a captação de recursos para a construção de obras estratégicas em Foz do Iguaçu.
 
De acordo com a carta de intenção e parceria, os investimentos serão aplicados na duplicação da BR-469, na construção e projetos do Parque Linear M’Boicy, na Perimetral Leste e do Centro Cívico.
 
Durante o encontro, Chico Brasileiro reafirmou o compromisso da atual gestão em buscar o progresso da cidade: “Nós continuamos buscando parcerias com organismos internacionais para viabilizar projetos estratégicos para a nossa cidade que vão contribuir com o desenvolvimento de Foz nos próximos 20 anos”, disse.
 
Brasileiro ainda reafirmou a importância das parcerias com outras entidades. “No Boicy, por exemplo, estamos trabalhando em parceria com universidades, ONG’s do Meio Ambiente, Itaipu, PTI, ou seja, um conjunto de esforços para viabilizarmos a revitalização do Rio Boicy”, concluiu.
 
O vice-prefeito, Nilton Bobato e o diretor superintendente do FOZHABITA, Eduardo Teixeira, participaram ativamente para que o acordo pudesse ser realizado.
 
Fabio Hu, pontuou sobre o investimento em Foz: “A China vem crescendo muito, a tendência é atrair mais investimento para o Brasil, especialmente em Foz do Iguaçu que é uma cidade geograficamente e culturalmente estratégica”, disse.
 
Alexandre Baltazzar, representante da Uniamérica, destacou o modelo republicano que atual gestão municipal tem exercido na relação com as universidades: “Nós temos um nível de governança hoje acontecendo na cidade que a universidade está conseguindo exercer o seu real papel, oferecendo soluções reais e factíveis para os problemas urbanos”, afirmou.
 
PRESENÇAS
 
Também participaram da reunião o vice-prefeito, Nilton Bobato; o secretário municipal de planejamento, Elsidio Cavalcanti; o diretor superintendente do FOZHABITA, Eduardo Teixeira, além de outros membros da comissão chinesa e servidores do município.

Mais fotos dessa matéria em: https://goo.gl/8Tfgtk

porCCDIBC

Chineses aguardam anciosamente a chegada do presidente da China Xi Jinping no Brasil

De acordo com a China Press correspondente Joe Lei 11 de julho Brasília informou o presidente chinês, Xi Jinping vai participar da sexta reunião dos líderes do BRICS formalmente realizadas no Brasil eainda vai visitar quatro países latino-americanos, como Brasil, China brasileiro completa da visita de Xi Jinping expectativas, o Brasil oficial chinesa no exterior, disse, por ocasião do quadragésimo aniversário do estabelecimento das relações diplomáticas entre a China e o Brasil, a visita do presidente Xi Jinping para o Brasil é um grande evento para os dois países.

Presidente da Câmara de Comércio de Desenvolvimento Internacional Brasil-China, em uma entrevista com a China Imprensa correspondente Hu Zhongwei, diz que a atual presidente do Brasil Dilma Rousseff , na posse de Lula iria acompanhar a visita do ex-presidente tinha, de posse do presidente, ela Rosoff em muitas ocasiões internacionais e teve conversas com o presidente Xi Jinping, e muitas vezes no Brasil e convidou pessoalmente a visita do presidente Xi Jinping para o Brasil, mostrando a importância das relações China-Brasil, e no Brasil será o mais alto padrão de hospitalidade chefe de Estado Chinês . A primeira dama da China, Peng Liyuan já tinha visitou o Brasil anteriormente, agora, se a visita de Xi Jinping ao Brasil, acompanhado por Peng Liyuan só posso dizer que o mais sensacional, porque somos fãs deles.

Hu Zhongwei disse que desde o início do ex-presidente da China Jiang Zemin, os líderes chineses atribuem grande importância ao desenvolvimento das relações bilaterais, mas também já visitou o Brasil. Presidente e Vice-Presidente do Brasil também organizou e liderou uma grande delegação para visitar a China, que estabeleceu uma base política sólida para o desenvolvimento das relações bilaterais entre os dois países na política, econômica, comércio, ciência e tecnologia, cultura e outros abrangente desenvolvimento tem feito progressos notáveis, comunicação, compreensão e confiança mútua entre os dois povos atingiu um novo ponto alto da história.

Falando Hu Zhongwei, Xi Jinping e sua esposa Peng Liyuan, anteriormente, visitou o Brasil, o Brasil tem uma compreensão real. Portanto, neste momento de re-visitar velhos amigos reunidos. Tanto brasileiros quanto chineses estão ansiosos para expandir as cooperações entre os dois países. Desenvolvimento integral das relações entre o Brasil e a China não só é de grande importância para as trocas económicas e comerciais entre os dois países, durante o desenvolvimento de Asia-Latino, BRICs e da SCO, ASEAN, relações AsiaInfo e processos de integração latino-americana tem uma importância estratégica muito importante, e também pode desempenhar um papel de liderança na promoção da cooperação Sul-Sul.

Entrando no Palácio do Planalto

O presidente chinês, Xi Jinping vai terminar no Brasil para participar na sexta reunião formal de líderes do BRICs estado visita ao Brasil, depois do chinês Imprensa correspondente chegou em Brasília, Brasil, veio pela primeira vez ao palácio presidencial para entender a visita de cada Xi Jinping ao Brasil actividades prazo.

Palácio presidencial do Brasil é a mudança da capital desde o espaço de escritório 1960 presidentes brasileiros, ao invés de “apartamento” do presidente, a residência presidencial em outro local. Palácio presidencial do Brasil foi projetado pelo famoso arquiteto brasileiro Oscar Niemeyer, estilo arquitetônico conciso e animado, semelhante à forma da vela na frente da coluna. Brasil está bem na frente do palácio presidencial do Capitólio, edifícios do Capitólio perto do edifício mais alto, pode significar que os direitos das pessoas são fundamentais. Presidential diagonalmente em frente ao Supremo Tribunal Federal, o estabelecimento desse padrão destaca o sistema brasileiro político da separação de poderes, e da praça em frente ao Palácio Presidencial, também conhecido como os Praça dos Três Poderes.

Repórteres através da segurança para entrar no piso térreo, primeiro piso principal lobby e área de lounge. No segundo andar, com os meios de comunicação internacionais e relações públicas do departamento do Palácio Presidencial fez contato, e, em seguida, visitou o segundo andar da área de escritórios e instalações principais. Departamentos diretamente sob o lado esquerdo do segundo andar para a área de escritório presidencial, à direita foi a área de mídia. Media presidenciais brasileiras facilidade sala de imprensa é relativamente simples, mas é bem conhecida nos Estados Unidos do que na sala de imprensa da Casa Branca, lote grande, ao contrário sala de imprensa da Casa Branca.

Palácio presidencial do Brasil para receber os hóspedes também diferente, não a entrada principal no primeiro andar, mas no segundo andar, é claro, apenas VIPs pode ir este canal. O segundo andar do palácio presidencial, o presidente brasileiro também costumam receber chefes de Estado estrangeiros realiza cerimônia de boas-vindas. Desça um lance de escadas do segundo andar em qualquer lugar, você pode entrar no gabinete do presidente e sua equipe um lugar.

Entrando no palácio presidencial, dá a impressão de que não há nenhum mistério aqui, cercada por muros altos bloqueou a Presidential nem visão, nem guardas impedir as pessoas de entrar na área do palácio presidencial. As pessoas podem explorar livremente o espaço aberto em frente ao palácio presidencial, ou fotografias. E para o palácio presidencial no domingo será aberto ao público, as pessoas podem sempre ver o terceiro andar do primeiro andar, e até mesmo o gabinete do presidente pode satisfazer as “cores verdadeiras.”

porCCDIBC

Câmara de Comércio de desenvolvimento Internacional Brasil-China na promoção dos investimentos

Na manhã do dia 3 de junho de 2014, a Câmara de Comércio de Desenvolvimento Internacional Brasil-China, a principal organizadora promoveu no distrito de Hongqiao, cidade de Tianjin, um evento que visa atrair investimentos entitulado” Câmara de Comércio de desenvolvimento Internacional Brasil-China na promoção dos investimentos”. O evento foi realizado no edifício verde em Tianjin, que é a cidade na qual a indústria e energia sustentável servem como base de inovação e crescimento. Presidente da Câmara de Comércio, Sr. Hu Zhongwei, o representante da China, o senhor Yang Yuelong, e ochefe da Associação Econômica e Comércio Exterior, ,Sun Jinhai, os dirigentes da Comissão da Ciência e Tecnologia do distrito de Hongqiaoem Tianjin e os líderes empresariais, e quase todos os representantes dos 30 empresários ao redor participaram da reunião. O evento foca nos esforços para promover o comércio regional e desenvolvimento econômico, a fim de promover as empresasda área do distrito de Hongqiaoem Tianjin no sentido de aumentar a cooperação econômica da região com o Brasil no intuito de aumentar os fluxos comerciais com a América do Sul.

Durarnte o encontro, Sr. Hu Zhongwei e o presidente e diretor Yang Yuelongderam palestras sobre a apresentação da Câmara no âmbito de promover o processo de desenvolvimento econômico e social entres a China e o Brasil e os principais resultados obtidos em vários campos desde o estabelecimento, com foco na Câmara de Comércio de construção de recursos de informação que atua como uma espécie de plataforma na promoção das relações bilaterais entre a China e o Brasil, além de cooperação em investimento, em negociações comerciais, as negociações do projeto do empreendimento, intercâmbios estudantis, culturais e o turismo entre os dois países. O presidente da Associação de Promoção da Economia e Comércio Exterior da cidade de Tianjin, senhor Sun Jinhai, ressaltou que irá fornecer uma gama completa de serviços de apoio, e cooperação para a Câmara de Comércio de Desenvolvimento Internacional Brasil-China.

Durante o evento, o presidente da Câmara, Sr. Hu Zhongweifez uma breve apresentação sobre as principais áreas de cooperação entre os dois países e a situação atual da oferta e da procura no Brasil, e também respondeu as perguntas dos representantes das empresas participantes sobre questões de interesse para ambos países, e discutiram com profundidade os tópicos como estabelecer um modelo de negócios estável, o mecanismo de cooperação de longo entre os dois países.

A empresa chinesa “Heng Li Mei” que oferece habitação integrada vai entrar no Brasil e no Paraguai (14)

Na manhã do dia 21 de Fevereiro “, Heng Li Mei ” Chuzhou sala verde base de produção integrada na América do Sul Câmara de Comércio Consultor Comunidade Mr. Zhang Zheng, Baxi Ba Câmara de Presidente de Honra do Desenvolvimento Internacional (em nome do presidente Hu Zhongwei), Iguassu Cidade Mr. Ren Suguo gabinete de ligação do governo em Xiamen calendário nome de suas respectivas organizações e “Hengli EUA” Housing Chuzhou Integrado bases de produção: empresa verde Bernese materiais de construção assinado um novo acordo de distribuição. Olympics Brasil vai pedir 10 milhões de unidades antes de pedir Paraguai 20.000 unidades.

Câmara de Comércio para o Desenvolvimento Internacional encomendado pelo governo brasileiro para realizar uma pesquisa para o país sul-americano de residência para as pessoas, “Sala de civis” na China, depois de comparar mais de dois anos de estudo e de inúmeros fabricantes, otimizado para as necessidades do “Hengli US” integração da marca brasileira habitação (sala de actividades) está atualmente trabalhando para melhorar uma variedade de testes, a sala de modelo em breve será enviado para o Brasil, congratulou-se com o governo e empresas brasileiras de construção civil com a Câmara de Comércio de Agências de Desenvolvimento Internacional.

“Hengli America” favo de mel integrado quarto placa da parede como o principal material de construção, tomar estrutura leve de aço, o isolamento térmico, à prova de fogo, impermeável, leve, de alta resistência, corrosão corrosão, vento e, custo-benefício, a bela aparência sísmica, duráveis, de qualidade diversas, unidades flexíveis, logística e características de desempenho convenientes com excelente desempenho. Quer se trate de projectos de contratos públicos ou de demanda do mercado imobiliário no Brasil, Paraguai e outros países sul-americanos têm perspectivas de aplicação ampla.

“Hengli America” Integrated Habitação tem uma forte capacidade de produção, design e construção. A empresa tem oito patentes nacionais, de acordo com a autoridade do Estado Chaxinbaogao tecnologia de exibição, a tecnologia mais importantes do mundo. A empresa comprometeu-se um governo de grande escala projeta Anju na África do Sul, Filipinas e outros países de experiência bem sucedida. Empresa em Xiamen, Zhejiang, Anhui tem uma base de produção. Linhas modernas de produção e um total de mais de dez milhões de metros quadrados de instalações industriais padrão, com a produção anual de cerca de dez milhões de metros quadrados de gesso e outros materiais de apoio, recursos abrangentes. Todos os materiais de grau de mais do que 95%, a velocidade média de uma casa, durante três dias, pré-integrados para garantir o progresso da construção. Ao mesmo tempo, a normalização da produção, mas também para garantir a qualidade da instalação modular para cada conjunto da casa. O formaldeído é zero, limites de radionuclídeos apenas décimo padrão, todos os materiais de construção verde integrados estão estritamente de acordo com a seleção de requisitos regulatórios. Certifique-se de uma vida saudável, segura e confortável. Use torneira da cozinha, usando novos produtos patenteados, a taxa de poupança de água pode chegar a 63%. Vento 12, pode suportar a alta tufão força, a vida de projeto de mais de 30 anos, sísmicos 8 graus. Além disso, a empresa também introduziu menu de serviço, diferentes níveis, com base nas necessidades do cliente, design e estilo em uma variedade de unidades. Nós preparamos uma variedade de materiais e equipamentos para os clientes a liberdade individual de escolha. Tais como: sistemas de energia solar, sistemas solares de água quente, para os sistemas de temperatura e umidade originais. O baixo teor de carbono, verde, proteção ambiental, economia de energia, idéias de economia de água, tecnologias, integração de produtos. Dedicação para você é espaço de vida acessível. Verdadeiramente: O dinheiro improvisado para apreciar o sabor de moradias de alto grau. Atingir um ideal comum da humanidade para uma melhor qualidade de vida!

China terá o melhor design, melhores materiais verdes, o ambiente de vida mais confortável, levando habitação integrada do mundo dedicada ao povo brasileiro!

Selecione Hengli América: para sempre, beneficiar o mundo!