China reforça reforma da zona de livre comércio

Comentário: China reforça reforma da zona de livre comércio

Recentemente, a Comissão do Aprofundamento Integral da Reforma do Comitê Central do Partido Comunista da China (PCCh) deliberou e aprovou seis documentos. Entre eles, se destacam as “Medidas para apoiar o aprofundamento e a inovação das reformas na zona piloto de livre comércio”, que revelam quatro informações importantes.

Primeiro, a China já tem ferramentas políticas para conceder maior autonomia de reforma às zonas piloto de livre comércio.

Segundo, as medidas do Comitê Central do PCCh ajudarão as 12 zonas piloto de livre comércio da China a formular planos sobre seu ambiente político, recursos, sistemas e mercado.

Terceiro, as zonas piloto de livre comércio conectarão o mercado, o capital e a tecnologia internacionais com o mercado doméstico. Dessa forma, aumentarão a capacidade da China de se abrir e integrar ao mundo.

Por último, o país defenderá a segurança econômica nacional, além de aumentar a autorização de reformas e a abertura ao exterior no desenvolvimento das zonas piloto de livre comércio.

Tradução: André Hu

Revisão: Diego Goulart

Fonte: CRI

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *