Grupo de Jovens Brasil-China (GJBC) será lançado em São Paulo dia 28/11

Grupo terá agenda de eventos e fará sua primeira missão à China em março de 2018

Um inédito “think tank” jovem para uma nova etapa das relações Brasil-China

A China é o maior investidor do Brasil e seu maior parceiro comercial. Os dois países ainda se conhecem muito pouco. O intercâmbio precisa envolver muito além dos números: as pessoas! E nada melhor para aumentar essa aproximação do que os jovens e quem têm o empreendedorismo e a inovação como foco profissional e de negócios.

Por isso, a Câmara de Comércio de Desenvolvimento Internacional Brasil-China (CCDIBC) promove a iniciativa de criar o primeiro Grupo de Jovens Brasil-China (GJBC), que reunirá executivos, empresários, estudantes, acadêmicos, lideranças, agentes públicos, artistas, empreendedores e inovadores em geral.  O foco é aproximar os dois lados. E dar um novo impulso nas relações, por meio da promoção de missões, seminários, encontros, networking e novos negócios, criando uma rede de contatos e intercâmbios.

O grupo terá uma agenda de eventos e fará sua primeira missão à China em março de 2018. O lançamento será dia 28 de novembro (próxima terça-feira), às 19h30, na sede da Agência holandesa BSUR, na Vila Madalena (Rua Harmonia, 432).

Nova China

Para Aluísio Silva Jr, que presidirá o grupo, o intercâmbio deve ir além. “Numa parceria vale muito o conhecimento. E precisamos conhecer mais a China e eles o Brasil. Ter uma experiência de lado a lado”, explica Jr., relações públicas, que antecipa que a primeira atividade será a  Missão Delta China, com o objetivo de levar um grupo para conhecer de perto como a china se desenvolve e planeja seu crescimento.

Para Ivan reis, executivo da BSUR, agência que recebe o evento, a nova China está bem perto de nós. “Precisamos olhar e identificar o que é bom para os dois lados e focar em resultados práticos. Criar uma rede de networking que gere negócios. E isso depende muito da melhora na nossa comunicação com os chineses”, explica Reis, que participa de grupo de jovens da FIESP.

“Os chineses gostam muito do Brasil e dos brasileiros. Isso é um diferencial. E essa aproximação gera novas oportunidades para os jovens, suas empresas e seus parceiros”, afirma Fabrício Hu, diretor da CCDIBC, que acha a iniciativa necessária e oportuna, em função das perspectivas econômicas com a retomada do Brasil e o crescimento duradouro da China.

O evento do Grupo faz parte do lançamento do livro “China: de volta para o presente!”, do jornalista e consultor Daniel Castro, que atualmente é diretor de Comunicação da Câmara de Comércio de Desenvolvimento Internacional Brasil-China (CCDIBC).

 

SERVIÇO

O lançamento tem apoio da CCDIBC, BSUR e Damatatur.

Dia 28 de novembro (terça-feira), às 19h30

Sede paulistana da agência BSUR – (Rua Harmonia, 432 – Vila Madalena).

Entrada gratuita. Confirmação pelo email: livrocastro@gmail.com

Sugestão: leve um livro (ou mais) para doação, que será revertido para clubes de leitura públicos. 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *